Shelley concedeu uma entrevista ao site The Daily Beast sobre seu novo filme, Unfriended, seus trabalhos sobrenaturais passados e sua experiência em convenções. Confira a matéria traduzida abaixo:

– A garota de concurso virou uma das estrelas de Teen Wolf, gravou seu novo filme Unfriended, o que é a Comic-Con e se ela prefere ser uma werecoyote ou uma bruxa.

Dentro do gênero sobrenatural, Shelley Hennig fez de tudo. Ela já interpretou caçador e caçada, poderosa com poderes místicos e uma mortal.Em seu último filme, Unfriended, Hennig aparece como Blaire, uma garota do ensino médio aproveitando uma conversa no Skype com seus amigos. Até que um espírito não amigável decide aparecer na conversa. O assassino expõe os amigos á uma “lavagem de roupa suja digital” (tudo de cyberbullying pelo YouTube até fotos de festas) e começa a matá-los um por um e até mesmo forçá-los a jogar “Eu Nunca”. O que faz o filme ganhar destaque entre tantos outros descartáveis de terror adolescente mostra como a tecnologia pode ser na vida dos jovens hoje em dia. Também com seu único jeito de takes, mostrando o quarto de Blaire e sua tela do computador e aplicativos o filme todo.

“Meu primeiro teste foi pelo Skype com outro ator em outro quarto e eu pensei o quão bizarro e único era e foi amor á primeira vista.” Hennig disse ao The Daily Beast. “Eu nunca vi nada como isso e foi por isso que fiquei tão interessa e me envolvi tanto.”

O diretor de elenco do filme pensou que Hennig seria perfeita para Blaire e a trouxe para conhecer os produtores. Ela se encaixou perfeitamente estava pronta do começo ao fim.

“Normalmente, quando você está fazendo um filme eles dizem “ação”, mas tem tipo umas 30 ou 40 pessoas ao redor. Nesse filme eu estava sozinha no meu quarto,” disse Hennig. “Tudo era diferente, então tudo foi meio que um desafio. Eles escreveram uma ótima história e nos permitiram improvisar. Foi assim que nós descobrimos quem eram nossos personagens e construímos a química um com o outro.”

As filmagens de Unfriended ocuparam uma casa inteira com cada ator em seu próprio quarto filmando em tempo real com uma câmera em seus notebooks. Quando os personagens acessavam o Google ou respondiam á uma mensagem no Facebook, os atores combinavam os movimentos em seus computadores para ajudar a construir a genuinidade do filme, mas isso foi mais feito para trazer autenticidade para o filme. O resultado final em que o público escuta sons de notificação e cliques de mouse foi feito pela edição e animação do filme.

Ela até sugeriu que o escritor do filme, Nelson Greaves, e o diretor Leo Gabriadze tentassem gravar o filme todo em um take de apenas 80 minutos. E uma ideia que fez com que seus colegas de elenco surtassem no começo, mas provaram ser possível. Uma boa parte do único take foi usada no filme.

As pessoas assistem ao filme pelo desktop [área de trabalho] do Macbook de uma garota do ensino médio que é repleto e Forever 21 e pesquisas sobre Jezebel em seu navegador.

“Eu não diria que é parecido com o da Blaire, na verdade.” Hennig brinca sobre seus hábitos na internet. “Eu não uso muito meu notebook, mas eu acho que meu celular é basicamente a mesma coisa. Eu uso muito o aplicado da ZARA.” Ela diz aos risos.

Unfriended não é primeiro trabalho supernatural de Shelley Hennig. Depois de ser coroada Miss Teen USA 2004 e interpretar uma personagem recorrente na soap opera Days of Our Lives, ela teve um papel regular na série da CW, The Secret Circle, como uma bruxa adolescente. Se isso não foi o bastante, ano passado ela estreou o filme de terror Ouija, em que ela era perturbada por outro fantasma.

Mas talvez ela seja mais conhecida pelo seu papel na série popular da MTV, Teen Wolf, em que ela interpreta a werecoyote de forte personalidade, Malia. A personagem dela é uma mulher que quando criança se transformou na hora errada causando um acidente quando criança e terminou sendo o interesse amoroso de Stiles, interpretado pelo jovem Dylan O’Brien. Para dar á vocês um gostinho sobre o que Teen Wolf é, em um episódio mais antigo o pai de Stiles pergunta a ela qual é sua comida favorita. Malia com toda sua sinceridade responde “cervo”, esquecendo-se de que é humana agora.

“Em algumas vezes eu estava filmando os dois na mesma semana, Teen Wolf e Unfriended, ficava um pouco confuso. Eu chegava ao set de Unfriended e era uma Blaire meio agressiva e as pessoas ficavam meio ‘Ei, o que você está fazendo?'” ela ri. “Então, eu tinha que me lembrar ‘Sim, eu sou a Blaire hoje. Eu sou a Blaire pelas próximas duas horas.’, mas deu tudo certo e eu adorei interpretar as duas. Elas não são nada parecidas!”

E ter que escolher qual poder super-humano ela gostaria de ter do seu passo não é algo fácil de se responder.

“Posso combinar os dois? Uma were-witch?” Hennig tentou ponderar. “As duas foram divertidas de maneiras diferentes, foi legal ser a werecoyote por causa da transformação física, mas quem não ama magia?”

Painéis e sessões de autógrafos em eventos como a Comic-Con vêm com o trabalho por fazer parte de séries de outro mundo como Teen Wolf que possui muitos fãs. A primeira Comic-Con de Hennig foi a de 2014, mas as fantasias, quadrinhos e festivais vieram com ela e suas raízes de New Orleans.

“Sabe o esforço e paixão que essas pessoas tem? Eu encontro isso nas convenções. Eu adoro isso e admiro muito!” ela diz.

E quanto ao seu maior medo? Desastres naturais. E não há nada de paranormal nisso.

Tradução e adaptação: Equipe Shelley Hennig Brasil

Fonte: The Daily Beast

SHELLEY HENNIG Brasil • Hospedado por Flaunt • Layout por Lannie D